Notícias

Seu Óleo de Coco está estranho?

 

Pastoso? Esbranquiçado? Parece até que deu mofo?

Calma, nós podemos te ajudar! Assista o vídeo abaixo, entenda o que é e porque isso acontece.

 

O Óleo de Coco "Extra Virgem" tem uma característica muito interessante. Por conta dos ácidos que o constituem, quando exposto a temperaturas inferiores a 25ºC ele começa a sofrer o processo de solidificação, retornando a consistência da polpa do coco, ficando esbranquiçado e pastoso.

 

Isso pode acontecer, apenas, com o Óleo de Coco Extra Virgem, seja ele líquido ou em cápsulas!

 

Como pudemos ver no vídeo, não é um processo instantâneo é um processo gradativo. Por isso é frequente encontrar cápsulas ou óleos líquidos que estão parcialmente solidificados.

 

Quer ter certeza que é uma parte solidificada? Aqueça seu Óleo de Coco a uma temperatura acima de 25º e observe a transformação. E não se preocupe, o Óleo de Coco Extra Virgem é um dos poucos óleos que não tem suas propriedades alteradas por conta desse aquecimento, por isso é tão utilizado na culinária saudável.

Portanto, se seu Óleo de Coco estiver devidamente lacrado no ato da compra e for de uma empresa confiável, fique tranquilo, pois somente o melhor Óleo de Coco Extra Virgem possui esta característica.

Faça bom proveito deste alimento natural.

Fevereiro 11, 2016

0 comentários


Conheça 10 Verdades sobre o Óleo de Coco que você Precisa saber! (Parte 2)

Essa semana temos mais 5 Verdades Imperdíveis aqui no Blog. Se você quer ajuda pra emagrecer, não perca essas dicas!

 

Continuação... 

6. Os Ácidos Graxos do Óleo de Coco São Transformados em Cetonas, Que Podem Reduzir Convulsões The Fatty Acids in Coconut Oil Are Turned into Ketones, Which Can Reduce Seizures

Uma nova dieta; até então chamada de Cetogênica (baixíssimo valor de carboidratos e rica em gordura); vem sendo estudada para tratar várias doenças.

A aplicação terapeutica mais conhecida dessa dieta é o tratamento da epilepsia fármaco-resistente em crianças. (confira aqui).

Esta dieta consiste em comer pouquíssimo carboidrato e grandes quantidades de gordura, levando a um grande aumento nas concentrações de corpos cetónicos no sangue. Por alguma razão, esta dieta pode reduzir drasticamente a taxa de convulsões em crianças epilépticas, mesmo naquelas que não obtiveram sucesso com vários tipos diferentes de drogas. Os Triglicerídeos de Cadeia Média no óleo de coco são entregues para o fígado e se transformam em corpos cetônicos, que são frequentemente utilizados em doentes epilépticos para induzir cetose permitindo ao mesmo tempo um pouco mais de carboidratos na dieta. (Saiba mais aqui, e aqui).

 

7. O Óleo de Coco Pode Melhorar os Níveis de Colesterol no Sangue e Assim Diminuir os Riscos de Doença Cardíaca

O óleo de coco é carregado com gorduras saturadas, que na verdade não agridem o perfil lipídico no sangue, como se pensava anteriormente.

As gorduras saturadas elevam o HDL (o colesterol bom) e alteram o colesterol LDL para um subtipo benigno (Saiba mais aqui e aqui).

Num estudo em 40 mulheres, o óleo de coco reduziu o colesterol LDL e o total, além de aumentar o HDL em comparação com o óleo de soja (Saiba mais).

Há também estudos com ratos que mostram que o óleo de coco reduz os triglicérides, colesterol total e LDL, aumenta o HDL e melhora os fatores de coagulação do sangue e da capacidade antioxidante (Saiba mais aqui e aqui).

Esta melhoria nos fatores de risco cardiovasculares, teoricamente, deveria levar a uma redução do risco de doença cardíaca a longo prazo.

 

 

8. O Óleo de Coco Proteje o Cabelo contra Danos, Hidrata a Pele, e Funciona como Protetor Solar

O Óleo de Coco pode servir para vários fins que não sejam comê-lo.

Diversas pessoas estão usando-o para fins cosméticos e melhorar a saúde e a aparência da sua pele e cabelo.

Estudos em indivíduos com pele seca mostram que o óleo de coco pode aumentar a umidade da pele (Confira aqui) e o teor de lípidos.

O óleo de coco também pode ser um protetor contra danos do cabelo. Além disso um estudo mostra eficácia como filtro solar, com bloqueio de cerca de 20% dos raios solares ultravioletas (Veja aqui e aqui)

Outra aplicação é usá-lo como anti-séptico bucal em um processo conhecido como "oil pulling" (Terapia do Óleo), que pode matar algumas das bactérias prejudiciais na boca, melhorar a saúde dental e reduzir o mau hálito (Veja aqui, aqui e aqui).

 

9. Os Ácidos Graxos do Óleo de Coco Conseguem Aprimorar Funções Cerebrais em Pacientes com Alzheimer

A doença de Alzheimer, é a causa mais comum de demência em todo o mundo e ocorre principalmente em indivíduos idosos.

Em pacientes com Alzheimer, parece haver uma redução da capacidade de transformar glicose em energia em certas partes do cérebro.

Os corpos cetônicos pode fornecer energia para o cérebro e os pesquisadores têm especulado que cetonas podem fornecer uma fonte de energia alternativa para estas células anormais e reduzir os sintomas do Alzheimer (Confira aqui).

Em um estudo de 2006, o consumo de triglicerídeos de cadeia média conduziu a uma melhoria imediata na função cerebral em pacientes com formas mais leves de Alzheimer (Confira aqui).

Outros estudos suportam essas descobertas e os triglicerídeos de cadeia média vem sendo intensivamente estudados como agentes terapêuticos potenciais na doença de Alzheimer (Confira aqui e aqui).

 

10. Óleo de Coco Consegue Te Ajudar a Perder Gordura, Especialmente Aquela da Barriguinha

Sabendo que o óleo de coco pode reduzir o apetite e aumentar a queima de gordura, fica lógico que ele é também um excelente aliado na perda de peso.

O óleo de coco parece ser particularmente eficaz na redução de gordura abdominal, e na que se aloja na cavidade abdominal e em torno dos órgãos.

Essa é a gordura mais perigosa de todas e é altamente associada com muitas doenças ocidentais.

A circunferência da cintura pode ser facilmente medida e é um excelente marcador para a quantidade de gordura no interior da cavidade abdominal.

Um estudo realizado em 40 mulheres com obesidade abdominal, fazendo uso de 30 ml (2 colheres de sopa) do Óleo de Coco por dia, levaram a uma redução significativa no IMC e circunferência da cintura em um período de 12 semanas (Confira aqui).

Outro estudo, feito com 20 homens obesos observou uma redução na circunferência da cintura de 2,86 cm após 4 semanas fazendo uso de 30 ml (2 colheres de sopa) de Óleo de Coco por dia (Veja aqui).

Este número pode não parecer muito impressionante a primeira vista, mas esteja ciente de que; nesse estudo; essas pessoas não estão adicionando o exercício ou restrição de calorias. Eles estão perdendo quantidades significativas de gordura abdominal simplesmente adicionando Óleo de Coco em sua dieta!

 

11. Quer mais?

Se você quer tirar proveitos dos imensos benefícios relacionados ao Óleo de Coco, certifique-se de escolher um Óleo de Coco Extra Virgem. Fuja dos refinados!

Essas 10 razões são apenas algumas. As pessoas estão usando Óleo de Coco para todo o tipo de benefícios com sucesso.

Comece seu tratamento hoje, e aproveite os benefícios a longo prazo.

 

A Varejo Natural tem Óleo de Coco Extra Virgem em Promoção. Confira abaixo.

 

 

 

Fonte Original: http://eatlocalgrown.com/2-coconut-oil.html
Tradução: Equipe Varejo Natural

 

 

Conheça 10 Verdades sobre o Óleo de Coco que você Precisa saber! (Parte 1)


Você conhece essas Verdades sobre o Óleo de Coco?
Acompanhe conosco as primeiras 5 e surpreenda-se com as propriedades desse poderoso alimento!
E não perca as outras 5 semana que vem! =)
 

Imagem extraida de: (hippowallpapers.com)

 

"O Óleo de coco é um dos poucos alimentos que pode ser classificado como "Super Alimento". Sua combinação de ácidos graxos pode trazer efeitos profundamente positivos a sua saúde. Incluindo perda de peso, melhora das funções cerebrais entre outros benefícios incríveis.

Por conta disso, mostraremos abaixo 5 benefícios que o Óleo de Coco traz a saúde, e que tem sido comprovados por estudos experimentais em homens e mulheres.

 

1 - O Óleo de Coco Contém uma Combinação Única de Ácidos Graxos com Propriedades Medicinais Poderosas

 

O Óleo de Coco foi muito criticado no passado por conter gorduras saturadas. De fato, o Óleo de Coco é uma das mais ricas fontes de gordura saturada conhecidas pelo homem, contendo quase 90% de seus ácidos graxos saturados. (Confira aqui)

Entretanto, novos estudos vem mostrando que essas gorduras saturadas são inofensivas. Inúmeros estudos feitos com milhares de pessoas, provam, que todo aquela ideia de "entupimento arterial" é na verdade, um Mito. (Confira aqui)

Além disso, o Óleo de Coco não contem gorduras saturadas ruins, como você encontra em queijos ou carnes. Não, o Óleo de Coco contém os conhecidos Triglicerídeos de Cadeia Média (TCM) - que são acidos graxos de cadeia média.

A maioria dos ácidos graxos contidos em uma dieta, são os chamados ácidos graxos de cadeia longa, mas os ácidos graxos de cadeia média contidos no Óleo de Coco são metabolizados de maneira diferente.

Eles vão do tubo digestivo diretamente para o fígado, onde são usados como uma fonte de energia rápida ou transformados em corpos cetônicos, que podem ter um efeito terapêutico em disturbios do cérebro, como Epilepsia e Alzheimer!

 

2 - Pessoas que Consomem Muito Óleo de Coco Estão Entre as Mais Saudáveis do Planeta

 

O Óleo de Coco é um alimento "exótico" no mundo ocidental, inicialmente sendo consumido apenas por pessoas preocupadas com o cuidado do corpo e saúde.

Entretanto, em algumas parte do mundo, o Óleo de Coco faz parte do grupo básico de alimentação, e vem sendo usado continuamente por muitas gerações.

O melhor exemplo é a população de Toquelau, no Pacífico Sul.

Mais de 60% das calorias ingeridas por eles, provém do Óleo de Coco, o que os torna os maiores consumidores de gordura saturada do mundo.

A população de Toquelau tem uma saúde excelente, sem nenhuma evidência de doenças do coração.

Outro exemplo de população que consome muito Óleo de Coco e mantém uma saúde exemplar são os Kitavans.

 

3 - O Óleo de Coco é Capaz de Aprimorar Seu Consumo Energético, Fazendo com que Você Queime Mais Gordura

 

A Obesidade, é atualmente um dos maiores problemas de saúde no mundo.

Enquanto algumas pessoas pensam que obesidade é apenas uma questão de calorias, os pesquisadores acreditam que as fontes dessas calorias são também extremamente importantes.

É um fato, que diferentes tipo de alimentos afetam nosso corpo e hormônios de maneiras diferentes. E nesse sentido, UMA caloria não é apenas mais UMA caloria.

Os Triglicerídeos de Cadeia Média (TCM) do Óleo de Coco podem aprimorar seu consumo de energia, enquanto comparados com a mesma quantidade de calorias de outros alimentos que contém cadeias mais longas. (Confira aqui, e aqui

Um estudo descobriu que uma quantidade de 15-30g por dia aumentou a eficiencia de consumo energético (em um período de 24 Horas) em 5%, totalizando 120 calorias por dia; o que dentro de algum tempo pode significar uma perda de peso considerável.

 

4 - Os Ácidos Láuricos (Dodecanóicos) Contidos no Óleo de Coco Podem Matar Bactérias, Virus e Fungos, Ajudando a Manter as Infecções Longe

 

Aproximadamente 50% dos Ácidos Graxos contidos no Óleo de Coco são Ácidos Láuricos de Carbono 12.

Quando o Óleo de Coco é digerido pelas enzimas, é formado um monoglicerídeo chamado monolaurina.

Tanto o Ácido Laurico, quanto a monolaurina, podem matar patogênicos prejudiciais como bactérias, virus e fungos. (Confira aqui)

Por exemplo, essas substancias tem se mostrado eficazes na exterminação da bactéria Staphylococcus Aureus (um patogênico muito perigoso) e do fungo Candida Albicans (conhecido por ser o causador da candidídase, entre outros). (Confira aqui, e aqui

 

5 - O Óleo de Coco Consegue Diminuir seu Apetite Fazendo com que Você Coma Menos sem Perceber

 

Uma característica interessante do Óleo de Coco é que ele consegue reduzir seu apetite.

Isso está provavelmente associado a forma com que os Ácidos Graxos contidos no Óleo de Coco são metabolizados, uma vez que os corpos cetônicos tem um efeito redutor de apetite.

Em um estudo, variadas quantidades de Triglicerídeos de Cadeia Média e Longa foram servidos como alimento para 6 homens saudáveis.

O participante que mais comeu alimentos contendo Triglicerídeos de Cadeia Média, comeu; em média; 256 calorias a menos por dia. (confira aqui)

Outro estudo feito com 14 homens saudáveis descobriu que os que consumiram mais alimentos contendo Triglicerídeos de Cadeia Média no café da manhã, consumiram significantemente menos calorias na hora do almoço. (confira aqui)

Os estudos relatados acima foram feitos com algumas pessoas e por um período não tão longo de tempo. Se continuasse a ser feito para que o efeito persistisse, teria uma influêcia dramática no peso depois de alguns anos."

 

Fonte Original: http://eatlocalgrown.com/2-coconut-oil.html

Tradução: Equipe Varejo Natural

 

Bem-VIndos!

Bom dia amigos do Varejo Natural!

 

Estamos estreando uma nova plataforma para o nosso site! E com isso, estreamos também um blog! É isso mesmo, agora existe a sua disposição um blog com notícias sobre saúde, novidades sobre o mundo dos alimentos naturais, dicas, promoções e muito mais!

Esperamos que você goste das novidades e aproveite o novo site assim como nós estamos empolgados em oferecer todas essas novas funcionalidades pra você!

Nosso site agora está mais simples, sofisticado, e nosso time está ainda mais preparado para lhe atender da melhor maneira possível.

Fique atento as publicações e siga-nos para ficar por dentro de todas as novidades!